Andreza Boal
A marca
04/07/2016
A história do Botão
16/11/2018
Mostrar Todos

Conectados ????

Dizem por aí que para um empresa ser grande é preciso metros quadrados de piso. Paredes e espelhos gigantes. Mesas e funcionários. Muitos funcionários. 

Eu digo, balela. 

Não precisa de nada disso. 

Hoje o mundo está conectado, logo para sermos grandes precisamos acreditar, mobilizar, agregar, somar e trabalhar. 

Em conjunto. 

E separado. 

Cada um no seu quadrado. 

Isso chama-se qualidade de vida. 

Há 1 ano eu saí do meu escritório em casa para abrir o escritório da @andrezaboalacessorios 

Era necessário, eu dizia. 

Não quero mais caixas pela casa. Não quero mais misturar tudo. 

Vou crescer. 

Aluguei uma sala linda, ao lado do escritório do marido. Tudo parecia perfeito. Eu iria despachar tudo dali. Contratar gente boa e logo alugaria outra sala para montar o showroom. 

Mandei fechar uma parede gigante com o melhor espelho. Nas janelas, 180 graus de uma vista linda. 

A sala tem o cheiro que vai em cada caixa ou sacola. 

Frutas frescas. 

Tudo branquinho. 

Mandei fazer novos móveis. 

Levei um cano. Dois canos. 

Família só sentada à mesa. 

Bom dia. Hum. Saudades. Tudo bem? Correria. 

O dia nunca tinha fim. 

Por onde for, celular. 

E os desenhos, os textos, os conceitos, os planos & os sonhos?!

Não era bem isso que eu queria. 

E a minha casinha? Minha família?

Eu parei de trabalhar quando a rafa nasceu. Na época vivia na pilha. Trabalhava feito doida numa tv por assinatura. Meu departamento? Marketing, produção de eventos.

O Caio eu deixava na creche, das 7 às 7. Ele tinha 4 anos, e eu acabado de engravidar da Rafaella, hoje ela tem 16 anos, foram 14 anos perto, pertiiinho, e mais dois anos perto e longe dela por conta das feiras, da sala, da vida. 

Em 2017 desenhei, produzi e vendi 10 minis coleções, assim como fiz a loucura de estar presente em 10 feiras em vários locais do Brasil. 

Trabalho hercúleo. 

Que sempre fiz feliz, contente e sozinha. 

Gosto de escrever. Confesso que meu bloco de notas do celular da quase uma enciclopédia de tantas legendas de fotos da marca prontas. 

Minha vida, meu celular. Há tempos não abro meu notebook. Gosto mesmo é de estar agarrada ao meu sketchbook. 

Minha equipe Diego, Marina, Helena, Andreza Hoffmam, Millena, Amabili, Victoria, Maria Eduarda, Caio Augusto, Kenjiro, Jean, Luana, Vanessa, Suely, Rafaella, Luiz e Kamila sempre foi freela. 

Muitos participaram de uma feira, outros embalaram brincos, fizeram planilhas, carregaram caixas e dobraram roupas. Prepararam caixinhas.  Perfumaram sacolas. Todos especiais e essenciais para a marca ter chego até seus quase 4 anos de vida. Tem quem trabalhe home office desde o início. E eu acho isso ótimo! 

Poupa luz, internet e gasolina! Haha 

Nos poupa também a chata rotina. Os encontros são sempre leves. Coloridos e cheios de sorrisos. Isso faz bem, pro negócio e para a vida. Meus braços e cabeça e boca em muitos momentos e em qualquer lugar. Isto é estar conectado. 

Somos uma equipe independente das horas do dia, ou da semana que passarmos juntos. Apenas uma força de trabalho em que eu posso confiar e contar. 

Quero e vou voltar a produzir no meu cantinho. Voltar a delegar pelo celular. 

Voltar pra casa não é involuir. 

Ao contrário, é evoluir. 

Sou uma empresa que vende online e para meu conforto e alegria, o escritório de casa cresceu para abraçar as caixas. O funcionário fixo agora é o meu filho, que saiu do estágio para me ajudar. Que também é o meu fotógrafo preferido é que tem cuidado de todo inadministrável administrativo e jurídico da ABA. Meu pior pesadelo. 

Millena, a nora perfeita e bloguerinha, continua responsável pelo feed lindo da #ABA

Confesso. Acabaram-se os dias cinzas. 

Preparo-me para abraçar o livre, leve e colorido. 

 

Gratidão, gratidão, gratidão!!!

 

Andreza Boal
Andreza Boal
Idealizadora da primeira grife focada em moda para costureiras e autora do blog tecendo sonhos a designer de moda e arte-educadora Andreza Boal, tem trabalhos e textos publicados em revistas do segmento têxtil e há 16 anos busca através das cores, desenhos, linhas, agulhas, tecidos, palavras e texturas, expressar e aprimorar sua criatividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

//]]>